Home / Matéria / O caminho das fake news contra Ana Amélia, que NÃO chamou Al Jazeera de Al Qaeda

O caminho das fake news contra Ana Amélia, que NÃO chamou Al Jazeera de Al Qaeda

Como já foi dito aqui anteriormente, a senadora Ana Amélia, do PP do Rio Grande do Sul, tem sido vítima de fake news em virtude de suas críticas ao discurso de Gleisi Hoffmann para a Al Jazeera. Estão dizendo que ela comparou ou confundiu a rede de TV árabe com o grupo terrorista Al Qaeda, o que nunca aconteceu. Em seu discurso, Ana Amélia sequer mencionou os terroristas.

Abaixo, uma lista com os blogs, páginas ou sites que compartilharam a mentira:

Perfis do PT no Twitter:

Blog petista Brasil 247:

O blog “Falando Verdades”, que reproduziu as mentiras do Brasil 247:

A Rede Brasil Atual:

O Diário do Centro do Mundo, do especialista em fake news Kiko Nogueira:

O site Pragmatismo Político:

OBS.: O Pragmatismo Político não afirmou que a senadora Ana Amélia teria comparado Al Jazeera com Al Qaeda, no entanto ele reproduziu as falas de petistas e aliados contra a senadora e em momento algum da postagem reconhece que eles tenham mentido. Claro, é um blog petista. Não se pode esperar nada diferente.

A Revista Forum, que propagou as mentiras ditas pelo “jornalista” do DCM:

O blog Conversa Afiada, do petista Paulo Henrique Amorim:

O Jornal GGN, do petista Luis Nassif:

O Sindicato dos Bancários de Porto Alegre e Região:

Há, ainda, os já mencionados Paulo Pimenta, deputado pelo PT, a deputada Manuela D’Ávila, o próprio Instituto de Cultura Árabe e, como já foi mostrado na postagem anterior, o Congresso em Foco.

Existe ainda uma enorme quantidade de pequenos blogs e páginas petistas que reproduziram a mentira, bem como perfis (alguns fakes) em redes sociais, mas eles não merecem menção por serem pouco relevantes.

Sobre RedatorJornalivre

Leia também

Exclusivo: Grupo investigado por formação de quadrilha se aliou a assessor de Lula para publicar ataques contra o MBL em portais como UOL e El País

Há dias o Jornalivre revelou, também com exclusividade, que o jornalista Vinícius Segalla, autor de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *