Home / Matéria / PF quer prisão de Vacarezza, ex líder nos governos Lula e Dilma

PF quer prisão de Vacarezza, ex líder nos governos Lula e Dilma

A Polícia Federal pediu nesta terça-feira, 22, ao juiz federal Sérgio Moro conversão da prisão temporária do ex-deputado Cândido Vaccarezza em custódia preventiva. A PF alegou ‘garantia da ordem pública e da conveniência da instrução criminal’.

Cândido Vaccarezza, líder do PT na Câmara entre janeiro de 2010 e março de 2012, teria utilizado ‘a influência decorrente do cargo em favor da contratação da Sargeant Marine pela Petrobrás, o que culminou na celebração de doze contratos, entre 2010 e 2013, no valor de aproximadamente US$ 180 milhões’. O ex-deputado teria recebido propina de US$ 500 mil.

No relatório que pede a conversão da prisão de Vaccarezza, o delegado Filipe Hille Pace afirma que a atuação do ex-parlamentar não se resumiu a este contrato. “Existem robustos elementos probatórios de que a atuação criminosa de Cândido Elpídio de Souza Vaccarezza na Petrobrás não se limitou ao seu suporte político para a contratação da empresa Sargeant Marine pela estatal.”

Segundo o Estadão, o delegado entende que houve, por parte do grupo do lobista Jorge Luz, tentativa de envolver o ex-líder de Lula e Dilma em outras três (atenção para o eufemismo) “oportunidades de negócios” na Petrobras. Só em uma delas, segundo as investigações, Vaccarezza –arrecadador do PT– teria pedido 100 milhões de reais.

Sobre RedatorJornalivre

Leia também

EXCLUSIVO: Sindicatos estão fazendo o impossível para extorquir o trabalhador a qualquer custo, mesmo contra nova a lei

por Roger Scar Uma fonte, que preferiu ficar em anonimato, passou para o Jornalivre a …

Um comentário

  1. Eita partidinho de merda. Só tem ladrão que agia sem conhecimento do chefe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *