Home / Notícia / A casa caiu: Palocci admite ter entregado dinheiro vivo a Lula

A casa caiu: Palocci admite ter entregado dinheiro vivo a Lula

Antônio Palocci, ex ministro dos governos Lula e Dilma, revelou na sua proposta de delação premiada, que está em negociação, como se dava o repasse de propina, em dinheiro vivo, para Lula.

Palocci afirmou que ele  era encarregado de realizar pessoalmente pequenas entregas de propina para o petista que recebia, das mãos do “italiano”, de 30.000 reais, 40.000 reais e 50.000 reais. Foram narrados pelo menos cinco episódios em que ocorreu a entrega do dinheiro sujo. Ele revelou também que Lula usava a propina para bancar suas despesas particulares.

O ex ministro também detalhou entregas de quantias maiores. Disse que o responsável pelo esquema das cifras maiores era o sociólogo Branislav Kontic, uma espécie de “faz tudo” que trabalhava com Palocci na época.

As quantidas menores e maiores eram advindas da Odebrecht.

As informações são da Veja.

Sobre A Redação

Leia também

Acredite se quiser: agora Dilma diz que não quebrou a Petrobras

Dilma Rousseff negou que tenha quebrado a Petrobras. Ela disse, segundo a Folha de S. …

4 comentários

  1. Osmar Jr.Oliveira

    Estou enojado destes políticos,quase 100% são extremamente desonestos, na próxima eleição nós brasileiros temos o dever de expurgar-los, elegendo com conhecimento moral do indivíduo à ser eleito para formar esta nova geração de novos políticos sérios e de caráter ilibado, à começar pelo bom exemplo que temos, que é o meu candidato, Jair Bolsonaro

  2. Já chega de políticos corruptos e ladrões, nos Brasileiros não suportamos mais.
    BOLSONARO PRESIDENTE EM 2018.

  3. O que esta aparecendo é só a ponta do ice berg . acho que é pro isso que Lula não se conforma . esta sendo pego por muito pouco perto do que foi roubado

  4. Então esse BOSTA de ser humano , mentiu 🤥 para o JUIZ SÉRGIO MORO , em pleno interrogatório ? Isso é muito grave …. deverá ser punido imediatamente …….!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *