Home / Notícia / Alunos petistas semi analfabetos falsificam "diproma" para homenagear Lula

Alunos petistas semi analfabetos falsificam "diproma" para homenagear Lula

A UFRB, Universidade Federal do Recôncavo Baiano, negou que o diploma dado a Lula seja verdadeiro.

Além de ter erros de português, a universidade nega ter produzido o documento, ou seja, os alunos falsificaram o diploma para homenagear Lula.

A instituição declarou que não tem autorização para conceder o título de Honoris Causa.

Sobre A Redação

Leia também

De todos os presidenciáveis, Ciro Gomes é o campeão em tomar processos: são mais de 70

Pelo menos 15 dos 20 políticos cotados para disputar a Presidência da República em outubro …

5 comentários

  1. Lula está ávido para receber esse “diproma” porque,com certeza,deve estar pensando que se tiver esse diploma fajuto nas mãos vai solicitar por intermédio de seus “adêvogados”que tenha cela especial na prisão(pois “tem curso superior”)…Ele está com medo de ter que ficar na mesma cela do Tonhão Pé de Mesa…que é o terror dos “virgens condenados”……

  2. Daqui algum tempo, ele poderá ter diploma de medicina, sem ter ido em aulas, isso porque ele é o Lula.

  3. Diploma honoris 171 ao Lulão Pixuleco 171
    1) A falsidade ideológica certamente teve a participação de chefes da UFRB, mas como estes são esquerdistas de coração valente, botarão a culpa nos “de menor” inimputáveis – neste caso, os “coitadinhos” que entraram pela cota racista e cota social, ou seja, não acontecerá nada aos perpetradores do crime.
    Não haverá sindicância interna, apuração e muito menos punição dos “universotários” estelionatários.
    Fica a dúvida: quais outras atitudes republicanas são praticadas dentro dessa madrassa federal criada pelo Lulão? Uso do “Uíndôus 10 pero no mucho”?
    2) Vigarista que engana vigarista não merece cem anos de perdão.
    O episódio apenas mostrou que é fácil ludibriar o arrogante e convencido Emirados Sader, um professor (!) da USP.
    Igualmente, é possível enganar o sorrateiro Lulão, porque o cara simplesmente não lê as coisas que recebe! Confia totalmente no aspecto visual da coisa, ou seja, na imagem do papel.
    Se derem ao Lulão uma cédula (made by UFRB) de “One Million Dollars” com a cara do Barack Obama, o Sapo Barbudo achará que ela é verdadeira.
    3) “Mano, onde foi qui nóis errâmo?”, deve ter sido a pergunta feita pelos punguistas da UFRB.
    Naturalmente, o português do Seu Crêisson os desmascarou, mas a raiz da questão é outra: o título honoris corruptis que seria dado ao Lulão tem apenas a intenção de agradá-lo e debochar do juiz Moro.
    Jamais deveria ter sido organizada a tal premiação.
    Aliás, toda a bajulação recente (doação milionária anunciada com alarde pela imprensa, o livrinho dos 120 Advogados do Presidente e a “Caravana da Fé Demais Lulão” pelo Nordeste) tem o único propósito de mostrar ao líder supremo que ele não está só: está acompanhado, muito bem acompanhado.
    Mas por causa dessa turma pateta e estelionatária que não consegue fazer certo as coisas erradas, “melhor só do que mal acompanhado”.

  4. mas espera aí, se falsificação é crime essa pelega de história vai acabar em pizza……. 😡#FUCKTESYSTEM

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *