Home / Notícia / Bolsonaro mentiu sobre uso da cota parlamentar, mas culpa assessoria por “erro” de quase R$ 1 milhão nas contas

Bolsonaro mentiu sobre uso da cota parlamentar, mas culpa assessoria por “erro” de quase R$ 1 milhão nas contas

Esta é a imagem publicada por Jair Bolsonaro em seu Facebook:

Agora, a realidade, que é bem diferente…

Os dados oficiais divulgados pela Câmara mostram que Jair Bolsonaro gastou R$ 2.495.056,70 entre janeiro de 2010 e dezembro de 2017. Esse valor é 44,6% superior aos R$ 1.725.639,16 divulgados pela página do parlamentar. Ou seja, o deputado gastou R$ 770 mil a mais do que o valor que divulgou nas redes.

Na tabela também há discrepâncias relacionadas ao valor da cota a que o deputado tem direito por ano. Sem considerar acréscimos a deputados que exercem funções de líder de partido ou de bloco parlamentar, presidente ou vice-presidente de comissão parlamentar ou a deputados que exercem cargo de suplente de secretário na mesa da Câmara, por exemplo, Bolsonaro teria direito a um total de R$ 2,978 milhões nesse período (veja tabela detalhada abaixo) como parlamentar do Rio de Janeiro. Sendo assim, ele deixou de gastar, na verdade, R$ 483 mil em oito anos, e não R$ 1,2 milhão.

A assessoria da Câmara confirmou que os valores de despesas dos parlamentares que constam no portal e estão abertos à consulta pública são os valores que foram reembolsados aos deputados. Procurado pela imprensa, o deputado informou que o quadro foi feito por sua assessoria de imprensa e disse que iria “revisar os números”. Ou seja, botou a culpa nos outros.

Com informações do jornal O Globo.

Sobre RedatorJornalivre

Leia também

Maior parte dos americanos não quer Oprah como presidente

Ainda que a maioria dos americanos goste da apresentadora Oprah Winfrey, bem menos da metade …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *