Home / Notícia / Contrário em 2018, Lindbergh Farias pediu intervenção federal no Rio de Janeiro em 2004

Contrário em 2018, Lindbergh Farias pediu intervenção federal no Rio de Janeiro em 2004

Em 21 de fevereiro de 2018, Lindbergh Farias foi ao Senado manifestar-se contra a intervenção federal implementada pelo governo Temer na segurança pública do Rio de Janeiro. Com uma histeria já habitual, disse que a medida era uma “farsa completa” que declarava “guerra aos pobres”. Conforme registrado pela Veja, o parlamentar assim se pronunciou:

“Eu estou aqui para defender minhas convicções e ter um lado. Neste lado, estou pensando no povo mais pobre do Rio, que precisa ser tratado com respeito e dignidade, e não com essa maquiagem, com essas medidas superficiais.”

Contudo, ou o petista tem memória curta, ou uma cara de pau enorme. Pois entre 2003 e 2004 fora deputado federal pelo mesmo Rio de Janeiro. E partira dele um pedido à Procuradoria-Geral da República para que o governo Lula interviesse no referido estado.

O motivo alegado já era o que motivou a ação de 2018:

“A crise verificada no Estado do Rio de Janeiro, provocada pela ação do crime organizado, em especial do narcotráfico nas favelas, é crítica. Inúmeros são os casos de violência perpetrados contra a população indefesa e instituições públicas”

E a forma como a intervenção deveria ser feita parece descrever o que o governo Temer tem feito:

“O Governo Federal deve intervir, utilizando-se dos meios necessários para restabelecer em definitivo a tranquilidade no estado, pois os motivos desta crise são os mesmo que têm comprometido o direito de ir e vir da população durante anos. Esta é uma questão que precisa ser resolvida com urgência, pois quanto mais se posterga o remédio, mais a situação se agrava.”

Mas, como bem explicou Soninha, coerência nunca foi um objetivo do PT. Uma vez na oposição, quanto pior, melhor.

A informação é do portal Implicante.

Sobre RedatorJornalivre

Leia também

Historiador apela ao bizarro e sugere leis para dificultar saída de jovens craques do país

Enquanto muitos discutem se a torcida “está ou não ligada na seleção” – que estreou …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *