Home / Notícia / Depois de suspensão de Kátia do PMDB, Requião arma barricada para tentar manter espaço bolivariano no partido

Depois de suspensão de Kátia do PMDB, Requião arma barricada para tentar manter espaço bolivariano no partido

O senador Roberto Requião (PMDB-PR) protocolou, nesta quarta-feira (16), o pedido de afastamento do colega Romero Jucá (PMDB-RR) do comando nacional do partido. A iniciativa de Requião é uma reação ao pedido da juventude do PMDB para bani-lo da sigla. O paranaense credita tal articulação a Jucá.

Requião considera-se o “único político” que segue a orientação fundamental do PMDB: a Constituição de 1988, que teve no partido um dos principais responsáveis. “Vou fazer barulho, não vou deixar. A Ponte para o Futuro é da banca, não do PMDB”, afirmou.

Requião começou a se preocupar após a expulsão formal de Kátia Abreu.

 

Sobre RedatorJornalivre

Leia também

PT quer fazer “controle social” do Judiciário

Fernando Haddad segue sua jornada de entrevistas como dublê de coordenador de programa de governo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *