Home / Notícia / Dilma pira de vez e diz, na Argentina, que Lula pode ser envenenado na cadeia

Dilma pira de vez e diz, na Argentina, que Lula pode ser envenenado na cadeia

Em campanha internacional pela libertação de Lula, Dilma afirmou nesta terça-feira (dia 1º) em Buenos Aires que o fundador do PT ganhará as eleições de outubro mesmo na prisão. “Livre ou preso, ele será eleito presidente do Brasil”, assegurou a ex-presidente ao público da Feira do Livro de Buenos Aires, onde apresentou o livro “Lula, a verdade vencerá”.

Ao criticar a decisão de uma juíza de Curitiba que impediu a visita à prisão do argentino Adolfo Pérez Esquivel, Dilma também aproveitou para fingir que teme pela vida de Lula.

“Tenho medo pela vida de Lula. Tenho medo pela comida, pela água que ele toma; porque se foram capazes de impedir a visita de um prêmio Nobel da Paz, a visita de um médico…”, disse Dilma.

“O Brasil está sendo mais duro com Lula do que foi na ditadura porque o temem”, acrescentou, dizendo que Lula representa “a arma que temos para lutar contra o enquadramento do Brasil em um neoliberalismo brutal”.

Ou seja, a ex-presidente do país não tem o menor pudor em mentir para o mundo inteiro ouvir.

Sobre RedatorJornalivre

Leia também

Acredite se quiser: agora Dilma diz que não quebrou a Petrobras

Dilma Rousseff negou que tenha quebrado a Petrobras. Ela disse, segundo a Folha de S. …

Um comentário

  1. Rapaz, eu queria saber quem e porque alguém se presta a ouvir essa “mulé”, ela é totalmente sem noção!
    Como pode uma nação eleger e, pior ainda, reeleger uma figura desta!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *