Home / Notícia / Esquerdistas querem "crucificar" miss sul-africana por usar luvas em visita ao orfanato

Esquerdistas querem "crucificar" miss sul-africana por usar luvas em visita ao orfanato

Demi-Leigh Nel-Peters é miss sul-africana e também é voluntária em causas sociais. Recentemente, em visita a um orfanato de Soweto, na África do Sul, ela ajudou a alimentar crianças famintas e uma foto deste momento foi postada nas redes sociais.

Na foto, a miss aparece usando luvas, uma medida de higiene que é exigência do próprio orfanato Orlando West Community Centre Ikageng, cuja finalidade é evitar qualquer tipo de contaminação na comida dada às crianças. Contudo, esquerdistas quiseram atacar a miss alegando que ela usava luvas para não tocar em crianças negras, o que é completamente distante da realidade.

Carol Dyantyi, porta-voz do orfanato, defendeu Nel-Peters das acusações, dizendo o óbvio:

“É claro que não era porque ela não queria tocar nas crianças negras. Pedimos que ela e todos os voluntários usassem luvas enquanto estavam manuseando a comida. Foi puramente para proteger as crianças de comida contaminada. A reação nas redes sociais é ridícula.”

Sim, é ridícula. A reação é típica de justiceiros sociais que nada fazem para ajudar quem quer que seja, mas que sempre estão com os dedos em riste prontos para acusar alguém. Nel-Peters estava ajudando crianças famintas, mas certamente os justiceiros sociais que quiseram crucificá-la nunca ajudaram quem quer que seja.

Sobre RedatorJornalivre

Leia também

PT quer fazer “controle social” do Judiciário

Fernando Haddad segue sua jornada de entrevistas como dublê de coordenador de programa de governo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *