Home / Notícia / Estudo comprova que 33% dos seguidores de Bolsonaro no Twitter são robôs

Estudo comprova que 33% dos seguidores de Bolsonaro no Twitter são robôs

Um estudo realizado pelo InternetLab, promovido pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), comprova que muitos dos perfis que seguem os presidenciáveis no Twitter são bots, os chamados “robôs”. São, em geral, perfis falsos que funcionam através de algoritmos que automatizam suas ações nas redes sociais, desde curtidas em postagens até réplicas ou comentários.

Jair Bolsonaro, por exemplo, tem 1,2 milhão de seguidores no Twitter, dentre os quais 33,8% são bots. Isso totaliza aproximadamente 405 mil seguidores falsos, mais de um terço. Mas ele não é o único. Alguns dos principais candidatos como Marina Silva e Álvaro Dias também constam na lista, assim como Geraldo Alckmin, Guilherme Boulos e até João Amoedo.

Álvaro Dias, do Podemos, é o campeão. Segundo o mesmo estudo o presidenciável tem mais de 64% de bots como seus seguidores. No entanto, apesar de ser um número proporcionalmente maior, os demais candidatos possuem um número total de seguidores menor que o de Bolsonaro, assim o valor final acaba ficando ainda abaixo. Só para se ter uma ideia, os 64% de Álvaro Dias totalizam 251 mil, contra os 405 mil de Bolsonaro.

Sobre RedatorJornalivre

Leia também

Eliana Calmon diz que Justiça do Trabalho foi aparelhada pelo PT

Eliana Calmon conhece o Judiciário como poucos, e, dentre estes, é a única a se …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *