Home / Notícia / Exército prende 164 milicianos no Rio e extrema esquerda fica sem discurso

Exército prende 164 milicianos no Rio e extrema esquerda fica sem discurso

No mesmo sábado da prisão de Lula, o Exército deteve 164 milicianos num sítio da Zona Oeste do Rio. Foi uma operação espetacular, originada em informações de inteligência.

Os milicianos faziam uma festa na madrugada deste sábado, para cerca de 400 convidados num sítio em Santa Cruz, quando uma operação da Polícia Civil acabou com a diversão e impôs um duro revés à quadrilha, apontada como a maior do estado, com atuação na Zona Oeste e na Baixada Fluminense.

Na chegada dos agentes, houve intenso tiroteio, e quatro suspeitos foram mortos. Foram presos ainda 142 adultos, e sete jovens, detidos. Com o grupo, os policiais encontraram 13 fuzis, 15 pistolas, quatro revólveres, carregadores, coletes à prova de bala, granadas e dez veículos roubados.

Claro que a extrema-esquerda ficou em silêncio. Aparentemente o discurso de que só o PSOL combate as milícias não cola mais agora. Aliás, o PSOL nunca colocou tantos milicianos na cadeia quase 13 anos de existência. O Exército conseguiu fazer verdadeira limpeza com poucos meses de trabalho.

Sobre RedatorJornalivre

Leia também

Historiador apela ao bizarro e sugere leis para dificultar saída de jovens craques do país

Enquanto muitos discutem se a torcida “está ou não ligada na seleção” – que estreou …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *