Home / Notícia / Fake News: Extrema-esquerda está perseguindo Ana Amélia por algo que ela não disse

Fake News: Extrema-esquerda está perseguindo Ana Amélia por algo que ela não disse

A extrema-esquerda começou uma nova campanha de calúnia e difamação. A vítima, agora, é a senadora Ana Amélia, do PP, que ante-ontem criticou as declarações de Gleisi Hoffmann para a TV Al Jazeera. Estão dizendo que Amélia comparou ou confundiu a Al Jazeera com a Al Qaeda e que seu discurso tratava a TV árabe como se fosse um grupo terrorista. Manuela D’Ávila, pré candidata à presidência pelo PCdoB, chegou a postar a mentira em sua página oficial no Facebook:

O Congresso em Foco, por sua vez, reproduziu de forma irresponsável a mesma mentira, sem verificar:

O problema com essa patifaria toda é que Ana Amélia nunca disse isso. Em seu discurso ela sequer mencionou o nome “Al Qaeda”. Para conferir, basta assistir a sessão do Senado. O discurso da senadora começa aos 39 minutos:

Em seu discurso Ana Amélia criticou as declarações de Gleisi, mas ela não falou em Al Qaeda e sempre se referiu a Al Jazeera como “TV Al Jazeera”, mostrando que sabe perfeitamente a diferença. O jornalista Marlos Ápyus, do blog Implicante, comentou o caso no Twitter:

É um caso claro e doentio de fake news. Criaram um espantalho e estão batendo nele, em vez de baterem nas declarações realmente feitas pela senadora.

Sobre RedatorJornalivre

Leia também

Ditadura assassina que o PT apoia é denunciada ao redor do mundo

Daniel Ortega já foi um dos heróis míticos da esquerda mundial. Em 1979 ajudou a …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *