Home / Notícia / FIFA determina que emissoras passem a não filmar mais “pessoas bonitas” nos estádios da Copa

FIFA determina que emissoras passem a não filmar mais “pessoas bonitas” nos estádios da Copa

Informou o Estadão:

Em meio aos casos de assédio na Rússia, a Fifa exigiu nesta quinta-feira, 12, que as emissoras de televisão reduzam as filmagens de torcedoras “atraentes” durante os últimos jogos da Copa do Mundo de 2018. De acordo com o chefe do departamento de responsabilidade social da Fifa, Federico Addiechi, a medida foi tomada porque os casos de sexismo na Rússia foram mais comuns que os de racismo. Uma entidade parceira da Fifa registrou 45 denúncias sexuais até agora no Mundial da Rússia. 

E mais:

Além dos casos de abusos contra torcedoras, como o do grupo de brasileiros que assediou uma estrangeira em um vídeo, foram registrados também diversos assédios de torcedores contra repórteres mulheres.

É como se a FIFA de repente acreditasse que o fato de pessoas supostamente bonitas aparecerem no telão fosse o estopim para a prática de assédio. Aparentemente, sem o telão mostrar, os casos irão diminuir.

Óbvio que esta justificativa está longe de ser verdadeira. Primeiro porque não é preciso ser tão inteligente para saber que essa medida não irá alterar em nada os casos de supostos assédios. Tanto os casos reais quanto as falsas denúncias continuarão a ocorrer normalmente. A motivação verdadeira por trás desta decisão é a ditadura politicamente correta que está destruindo o mundo.

Recentemente, grupos esquerdistas passaram a protestar contra o fato de “pessoas bonitas” serem mostradas nos telões da Copa do Mundo em suposto detrimento às pessoas que seriam “feias”. Em virtude destas reclamações, e não de qualquer suposto caso de assédio, a FIFA decidiu adotar esta medida para ceder a uma pressão artificial de grupos políticos que são compostos, em sua maioria, por gente que não acompanha futebol.

Sobre RedatorJornalivre

Leia também

Eliana Calmon diz que Justiça do Trabalho foi aparelhada pelo PT

Eliana Calmon conhece o Judiciário como poucos, e, dentre estes, é a única a se …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *