Home / Notícia / Gustavo Franco fala da importância de lutar contra a atitude do MPT do RN que quer tirar empregos do povo

Gustavo Franco fala da importância de lutar contra a atitude do MPT do RN que quer tirar empregos do povo

O economista Gustavo Franco, ex-presidente do Banco Central, é mais um a endossar a tese de que o Ministério Público do Trabalho defende o atraso e o desemprego.

Ele fala do caso da procuradora Ileana Mousinho, de Natal, que está movendo ação contra a Riachuelo por conta de supostos trabalhos terceirizados na fábrica do grupo Guararapes. A procuradora quer uma multa de R$ 37 milhões, o que equivale a 10% do faturamento anual da empresa, e o que também a obrigaria a fechar as portas e gerar mais de 4 mil desempregados.

Na semana passada os próprios empregados da fábrica se organizaram para protestar contra a procuradora em frente ao prédio do MPT, em Natal.

Sobre RedatorJornalivre

Leia também

PT quer fazer “controle social” do Judiciário

Fernando Haddad segue sua jornada de entrevistas como dublê de coordenador de programa de governo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *