Home / Notícia / Janot tenta quebrar o galho da extrema esquerda e entra com ação no STF contra reforma trabalhista

Janot tenta quebrar o galho da extrema esquerda e entra com ação no STF contra reforma trabalhista

Informa o portal Congresso em Foco:

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, protocolou no Supremo Tribunal Federal (STF) a primeira ação direta de inconstitucionalidade (ADI) contra alguns dispositivos da lei da reforma trabalhista. O processo questiona alguns dos mais de 100 pontos modificados em julho na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Na ação, protocolada na noite de sexta-feira (25) e cujo conteúdo foi disponibilizado hoje (28), Janot questiona os artigos 790-B, 791-A e 844 da CLT, que normatizam alguns pontos do processo trabalhista.

A verdade, obviamente, é que mais uma vez Janot está atuando com interesses políticos. Ele vem sendo sondado para ser candidato ao governo de Minas, e quem mais recentemente o sondou foi ninguém menos do que Marina Silva, da REDE.

O PGR já agiu politicamente outras vezes, como no caso da delação de Leo Pinheiro que envolvia o nome do ministro petista Dias Toffoli, ou como no caso em que resolveu atuar contra o Escola Sem Partido a fim de atender a uma agenda ultra esquerdista.

Sobre RedatorJornalivre

Leia também

Propina da Odebrecht para Dilma teve aval de Lula, diz delação

O Refis da Crise, segundo Marcelo Odebrecht, rendeu 50 milhões de reais em propinas para …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *