Home / Notícia / Juíza mita ao mostrar que cuspe de Jean Wyllys é muito mais grave que vídeo de Danilo Gentili

Juíza mita ao mostrar que cuspe de Jean Wyllys é muito mais grave que vídeo de Danilo Gentili

O Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1) indeferiu, nesta terça-feira (18/7), uma ação movida pela Câmara dos Deputados para que o comediante Danilo Gentili retirasse do ar um vídeo em que aparece rasgando e esfregando nas partes íntimas uma correspondência oficial enviada pela deputada federal Maria do Rosário (PT-RS), informa o Correio Braziliense.

No requerimento apresentado pela Câmara, foi dito o seguinte:

“Na publicação, que teve 16 milhões de visualizações e mais de quatrocentos mil compartilhamentos, o litigado rasgou a notificação, encaminhada pela Procuradoria Parlamentar, e proferiu ofensas contra a instituição, em tom absolutamente jocoso e fazendo gesto obsceno. Ao rasgar o documento e utilizar-se de termos pejorativos à honra e à imagem dos parlamentares em geral e da Casa, o requerido atingiu com suas palavras e atos obscenos a honra e a imagem de toda a instituição.”

Entretanto, a juíza federal substituta Luciana Raquel Tolentino de Moura diz que, ainda que “deselegantes”, as palavras e gestos de Danilo no vídeo não trazem “qualquer ofensa à autora”.

“Acredito que coisa bem pior, diria até mesmo mais vulgar, já foi dita — e transmitida ao vivo —, das tribunas do Congresso Nacional, chegando-se inclusive a tristes cenas de agressões pessoais (verbais e físicas), como aquela do cuspe por ocasião da votação do impeachment da presidente Dilma, dentre tantas outras cenas lamentáveis”, justifica a magistrada, lembrando o caso em que o deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) cuspiu em Jair Bolsonaro (PSC-RJ).

E ela ainda acrescentou:

“O litigado disse algumas palavras que representam, em certa medida, o pensamento e o anseio de milhões de brasileiros. E são absolutamente verdadeiras tais afirmações”, pontua a magistrada, que conclui a decisão afirmando que a intenção de retirar o vídeo de circulação é uma “medida nitidamente de caráter repressor; censor, próprio das ditaduras”.

Parece que desta vez não deu certo para os totalitários.

Sobre RedatorJornalivre

Leia também

Propina da Odebrecht para Dilma teve aval de Lula, diz delação

O Refis da Crise, segundo Marcelo Odebrecht, rendeu 50 milhões de reais em propinas para …

3 comentários

  1. Esses BANDIDOS LADRÕES CORRUPTOS falam de moral , qual deles é honesto? A vergonha e o caráter não existe nos políticos corja de CORRUPTOS

  2. Emerson Alves de Oliveira

    Kkkkkkkk, tomou !!!!

  3. Gerson malta dá silva

    Esse deputado Jean Williams ele é uma vergonha fais um vídeo fala do juiz Mouro e ninguém faz nada …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *