Home / Notícia / Ladrão que roubou pertences de Lula em Curitiba deverá ter o perdão do partido

Ladrão que roubou pertences de Lula em Curitiba deverá ter o perdão do partido

Um carro com os pertences de Lula foi roubado em Curitiba. Segundo Gleisi Hoffmann, a “Amante”, foram levados roupas e objetos pessoais, uma pasta com documentos, entre eles o passaporte do petista, e talão de cheques.

“Foi feito um registro na delegacia e a polícia está investigando. Acho isso muito preocupante. O carro não estava identificado, mas pelo local que estava dava para saber que se tratava da assessoria do presidente”, disse.

Por que, afinal, Gleisi se deu ao trabalho de registrar queixa, já que diz não confiar na polícia? Eis o primeiro mistério. O segundo mistério é saber se o partido irá perdoar o bandido. Não é só porque ladrão que rouba ladrão tem cem anos de perdão, é também porque o partido perdoa ladrões com bastante frequência, além de tentar impedir que sejam presos.

Sobre RedatorJornalivre

Leia também

Freixo usa a narrativa de que “nem todo impeachment é golpe”

Em campanha para aprovar o impeachment do prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (PRB), …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *