Home / Notícia / Maia pode ser presidente com 1000 vezes menos votos que a chapa Dilma/Temer

Maia pode ser presidente com 1000 vezes menos votos que a chapa Dilma/Temer

Por mais decorativo que soe, o cargo de vice existe para garantir alguma estabilidade política. Ainda que o titular caia, o sucessor assume dono da mesma quantidade de votos, afinal, dividiam ambos a urna no momento da escolha do eleitor. Contudo, a linha sucessória não apresenta as mesmas garantias daí em diante. Como não há um substituto direto para Michel Temer, cabe a Rodrigo Maia convocar eleições em até um mês.

Com a prisão de Geddel Vieira Lima, a imprensa vem noticiando que Brasília se movimenta para substituir o presidente da República pelo da Câmara, situação que seria confirma pela tal votação indireta. É neste ponto, todavia, que a legitimidade de Maia pode ser questionada. O Nexo Jornal fez as contas. Em seis disputas eleitorais, o deputado federal pelo Rio de Janeiro somou apenas 683.382 votos.

Isso não o garantiria nem como prefeito da capital – derrotado por Crivella, Marcelo Freixo foi o escolhido de 1,1 milhão de cariocas.

Em verdade, Maia, que já foi o terceiro parlamentar mais votado pelos fluminenses, nunca se deu tão mal nas urnas como em 2014. Com apenas 53 mil votos, ficou na 29ª posição – estavam em disputa 46 vagas.

Mas a democracia brasileira é caótica de tal forma que alguém de votação tão nanica pode se tornar o dono da caneta mais poderosa do país.

As informações são do Nexo Jornal.

Sobre RedatorJornalivre

Leia também

PT quer fazer “controle social” do Judiciário

Fernando Haddad segue sua jornada de entrevistas como dublê de coordenador de programa de governo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *