Home / Notícia / Moro desmascara joguinho tétrico de alguns espertões do STF: execução de pena em segunda instância reduz impunidade

Moro desmascara joguinho tétrico de alguns espertões do STF: execução de pena em segunda instância reduz impunidade

O juiz federal Sérgio Moro exaltou a execução de penas para condenados a partir de julgamentos de segunda instância ao receber do Tribunal Regional Federal da 4.ª Região a manutenção da sentença de condenação do empresário Márcio Bonilho, em um dos processos primordiais da Lava Jato.

O magistrado afirmou, nos autos, que não cabe contrariar a decisão da Corte recursal e, por isso manteve a prisão de Bonilho. Segundo Moro, o cumprimento de penas já após condenações em segunda instância é parte do ‘legado jurisprudencial’ do falecido ministro do Supremo Tribunal Federal Teori Zavascki ‘a fim de reduzir a impunidade de graves condutas de corrupção’.

Na prática, a situação do empresário condenado na Lava Jato não muda. Ele já estava preso e, em um dos processos pelos quais foi sentenciado, nem mesmo o Superior Tribunal de Justiça revogou sua prisão, em julho deste ano.

Vale lembrar que alguns membros do STF começaram com essa história de rever a prisão em segunda instância justamente agora que Lula aguarda sentença do TRF. Seria apenas “coincidência”?

Sobre RedatorJornalivre

Leia também

Historiador apela ao bizarro e sugere leis para dificultar saída de jovens craques do país

Enquanto muitos discutem se a torcida “está ou não ligada na seleção” – que estreou …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *