Home / Notícia / Nota / Após chamegos e condenação, Ciro diz que não quer apoio de Lula para 2018

Após chamegos e condenação, Ciro diz que não quer apoio de Lula para 2018

Ciro Gomes tem dito insistentemente que não conta com o apoio do PT em 2018 nem quer esse apoio. Ciro, que já foi candidato em 1998 e 2002, sonha em tentar novo voo o ano que vem, agora pelo PDT de Leonel Brizolla. Sobre Lula, ele comentou o seguinte em uma entrevista ao Estadão no ano passado:

“Tem horas que você tem de entender que seu papel é dar passagem generosamente, recuperar seu justo nome na história, desmobilizar esses ódios e tentar com alguma generosidade dar passagem.”

A informação vem apenas agora, após a condenação de Lula. Antes, os dois trocaram inúmeros chamegos e buscaram nova reaproximação. Ciro foi ministro do primeiro governo Lula.

Sobre RedatorJornalivre

Leia também

Piração: UnB terá aula de “felicidade”

A Universidade de Brasília vai oferecer no próximo semestre uma disciplina sobre felicidade, focada em …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *