Home / Notícia / Nota / Bretas condena Eike a 30 anos de cadeia mais multa de 50 milhões

Bretas condena Eike a 30 anos de cadeia mais multa de 50 milhões

O juiz Marcelo Bretas condenou Eike Batista a 30 anos de prisão e a pagar uma multa de R$ 53 milhões no processo em que o ex-bilionário foi investigado pelo MPF de corrupção ativa dentro do âmbito do esquema de Sérgio Cabral. Eike foi acusado de pagar propina de US$ 16,5 milhões ao ex-governador.

Seu ex-braço-direito e ex-vice-presidente do Flamengo, Flavio Godinho, foi condenado a 22 anos de prisão.

A informação é do jornal O Globo.

Sobre RedatorJornalivre

Leia também

Pedido do MBL para impugnar Lula pode ser julgado por Rosa Weber ou Luis Fux

Os plantonistas Rosa Weber ou Luis Fux podem julgar o pedido do MBL para impugnar …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *