Home / Notícia / Nota / Cubanos são o segundo maior grupo a se refugiar no Brasil, logo atrás dos venezuelanos

Cubanos são o segundo maior grupo a se refugiar no Brasil, logo atrás dos venezuelanos

Além dos milhares de venezuelanos que têm vindo para o Brasil em fuga desesperada do socialismo vizinho, os cubanos também são um grupo majoritário no que diz respeito a refugiados.  Nos últimos dois anos, 3.744 deles entraram no país.

Diz o Estadão:

“Eles formam o segundo maior contingente de estrangeiros registrados no período pelo Comitê Nacional para os Refugiados (Conare), do Ministério das Relações Exteriores, atrás somente dos venezuelanos, superando haitianos e angolanos. Comparando os dados do ano passado com 2015, o número de cubanos que pediu ao Conare o reconhecimento do status de refugiado aumentou 352%. O fluxo de cubanos para o País começou em 2015. Antes, de 40 a 145 cubanos batiam na porta do conselho por ano.”

Este é o efeito natural do socialismo em todas as suas aplicações. Por onde este regime passou só restou a miséria, a devastação e, é claro, a violência.

Sobre RedatorJornalivre

Leia também

Homem tenta fugir de assaltantes e é baleado pelas costas no Rio de Janeiro

Em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, um homem de 51 anos foi morto ao tentar …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *