Home / Notícia / Nota / Dilma faz artigo choramingando contra as privatizações e insistindo na mentira de que sofreu um golpe

Dilma faz artigo choramingando contra as privatizações e insistindo na mentira de que sofreu um golpe

O blog Brasil 247 publicou um texto supostamente escrito por Dilma Rousseff. Supostamente mesmo, porque está muito bem escrito para ter sido feito por ela. De qualquer forma, o texto é uma choradeira só.

Nele, a ex-presidente basicamente repete o discurso esquerdista pró-estatizações. Primeiro, ela diz:

A privatização da Eletrobras, um dos mais novos retrocessos anunciados pela agenda golpista, será um crime contra a soberania nacional, contra a segurança energética do país e contra o povo brasileiro, que terá uma conta de luz mais alta. Um delito dos mais graves, que deveria ser tratado como uma traição aos interesses da Nação.

Esse discurso é o mesmo já usado por Hitler e Mussolini; é o mesmo discurso usado por Nicolás Maduro e por Chávez; é o mesmo discurso também usado pelos malucos do PCO e até mesmo pelo falecido Enéas Carneiro. Se dissessem que esta parte do artigo pertence a um discurso de Luciana Genro, Leonel Brizola ou Chávez, qualquer um acreditaria.

A sua privatização, e provável entrega a grupos estrangeiros, acabará com a segurança energética do Brasil.

Aqui, outra mentira. O Brasil não possui “segurança energética” exceto pelo fato de ter abundância de recursos para produzir energia. Além disso, essa narrativa esconde o verdadeiro interesse por trás da pauta: o roubo através das estatais.

Os governos Lula e Dilma não teriam conseguido sequer um terço do que conseguiram se não tivessem tanto dinheiro para desviar através de empresas como a Petrobrás ou o BNDES. Como pretendem voltar ao poder, não é de seus interesses que percam uma estatal, que para eles nada mais é do que fonte de recursos partidários.

Atribuir uma suposta necessidade de privatização da Eletrobras ao meu governo, por ter promovido uma redução das tarifas de energia, é um embuste dos usurpadores, que a imprensa golpista difunde por pura má-fé. É a retórica mentirosa do golpismo.

Golpe, golpistas, golpismo… Que chatice!

Mesmo após quase um ano de seu impeachment, Dilma e toda a turma insistem nessa narrativa que não colou e nunca vai colar. É incrível a persistência em fazer lavagem cerebral.

Sobre RedatorJornalivre

Leia também

Piração: UnB terá aula de “felicidade”

A Universidade de Brasília vai oferecer no próximo semestre uma disciplina sobre felicidade, focada em …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *