Home / Notícia / Nota / Ex-presidente da UNE dá "aula" de português ao protestar por Dilma e reclama de "perca" de direitos

Ex-presidente da UNE dá "aula" de português ao protestar por Dilma e reclama de "perca" de direitos

A ex-presidente da UNE (União Nacional dos Estudantes) mostrou como ela domina a língua portuguesa.

Em seu Twitter, escreveu: “Há exatamente um ano, o Brasil sofria um golpe. De lá pra cá, estamos passando por uma onda de retrocessos e perca de direitos”.

Ela estava choramingando por causa do aniversário de 1 ano do impeachment da bolivariana Dilma.

Seja lá como for, fica a pergunta: onde terá estudado Carina Vitral? Quem deu aula de português para essa jovem? Ou podemos assumir que a ex-presidente da União Nacional dos Estudantes nunca foi ligada mesmo em estudar.

Veja:

 

Sobre RedatorJornalivre

Leia também

Gleisi diz que Lula “vai ganhar eleição preso”… então porque esperneiam tanto?

Em mais um ridículo discurso no Senado, Gleisi Hoffmann afirmou que a Globo (sempre ela) …

15 comentários

  1. Diogenes Miranda

    Jumenta igual Lula e Dilma. Não há o que falar.

  2. O método de ensino ao qual ele se submeteu deve ter sido o de Paulo Freire. Além disso, faltou ela elencar quais direitos foram “perquidos”.

  3. Newton Rabelo Coutinho

    Perca – é uma forma verbal, ou seja, flexão do verbo “perder”. Aparece na primeira e terceira pessoas do singular do presente do subjuntivo e na 3ª pessoa do singular do imperativo. Ex: Deus, não permita que eu perca a esperança!
    Perda – é um substantivo que significa se privar (desapossar, excluir) de alguém ou de algo que se tinha. Ex: Estudar não é perda de tempo.
    Outro exemplo: Perca a esperança, o BRASIL não pertence mais a você e a sua corja esquerdopata. Perdeu maluca!!! Perca, no seu cont
    exto é “gópi”, analfabeta!!!

  4. Julio Arthur GF Marques Nepomuceno

    Vá estudar, Carina Vitral!!!!! Deixe de lado a agitação profissional, que não leva a lugar algum.

  5. Também o que podemos esperar de uma “Presidenta” da UNE que estudou 6 anos numa Faculdade Pública, isto é estudou de graça, não se formou e logo se tornou “Presidenta”, para ganhar sem trabalhar, como a Gleise, e, por coincidência, é burra tal qual a “Presidenta” Mor..

    • José Herlanio Guedes

      Anúncios

      Ir para conteúdo

      JORNALIVRE
      MENU PRINCIPAL
      BUSCA

      NOTA
      Ex-presidente da UNE dá “aula” de português ao protestar por Dilma e reclama de “perca” de direitos
      A ex-presidente da UNE (União Nacional dos Estudantes) mostrou como ela domina a língua portuguesa.

      Em seu Twitter, escreveu: “Há exatamente um ano, o Brasil sofria um golpe. De lá pra cá, estamos passando por uma onda de retrocessos e perca de direitos”.

      Ela estava choramingando por causa do aniversário de 1 ano do impeachment da bolivariana Dilma.

      Seja lá como for, fica a pergunta: onde terá estudado Carina Vitral? Quem deu aula de português para essa jovem? Ou podemos assumir que a ex-presidente da União Nacional dos Estudantes nunca foi ligada mesmo em estudar.

      Veja:

      Anúncios

      31 DE AGOSTO DE 2017
      BOLIVARIANISMO, CARINA VITRAL, DESTAQUE, EXTREMA ESQUERDA, MARXISMO, SOCIALISMO
      COMPARTILHE ISSO:
      CLIQUE PARA COMPARTILHAR NO TWITTER(ABRE EM NOVA JANELA)4K+CLIQUE PARA COMPARTILHAR NO FACEBOOK(ABRE EM NOVA JANELA)4K+COMPARTILHE NO GOOGLE+(ABRE EM NOVA JANELA)
      CURTIR ISSO:
      3 comentários sobre “Ex-presidente da UNE dá “aula” de português ao protestar por Dilma e reclama de “perca” de direitos”

      Eliseu Teixeira
      1 DE SETEMBRO DE 2017 ÀS 09:08
      esta cambada da une não passa de sangue sugas de nosso governo e se houver seriedade tem de ser extinta e seus adeptos enforcados por danos e roubo ao patrimonio malandragem covardia mentira e sacanagem…fui universitario por duas vezes e sei muito bem como funciona esta desgraça

      RESPONDER
      José Herlanio Guedes
      2 DE SETEMBRO DE 2017 ÀS 07:39
      O seu comentário está aguardando moderação.
      Concordo! As Universidades estão lotadas de gente desse nível q não sabe ler e falar corretamente; As quatro operações de matemática, pior. Forma-se e vai pro mercado de trabalho despreparado. Só tem espaço nas boquinhas das entidades ligadas aos partidos de esquerda para falar bem de seus dirigentes e mal dos dos partidos contrários.

      RESPONDER
      Paulo Cordeiro
      1 DE SETEMBRO DE 2017 ÀS 13:18
      Também o que podemos esperar de uma “Presidenta” da UNE que estudou 6 anos numa Faculdade Pública, isto é estudou de graça, não se formou e logo se tornou “Presidenta”, para ganhar sem trabalhar, como a Gleise, e, por coincidência, é burra tal qual a “Presidenta” Mor..

      RESPONDER
      Julio Arthur GF Marques Nepomuceno
      1 DE SETEMBRO DE 2017 ÀS 13:39
      Vá estudar, Carina Vitral!!!!! Deixe de lado a agitação profissional, que não leva a lugar algum.

      RESPONDER
      Deixe uma resposta

      Navegação de Post
      ANTERIOR
      Post anterior:Lula perde mais uma ação contra a imprensa
      PRÓXIMO
      Próximo post:VEXAME: Depois de dizer que processaria quem o chamasse de criminoso, Joesley diz: “Descobri que eu era um criminoso”
      LATERAL
      WordPress.com. Tema: Canard por Automattic

  6. Ela estudou em uma das melhores escolas de Santos, o Universitas.
    O problema dela é de cognição. Tanto que virou comunista ao receber a doutrinação do professor comunista Reinaldo Martins. Ela mesmo declarou que ele foi o responsável pela posição política dela.

  7. Jorge Cavalcante

    Não sei então como se tornou universitário. Quer atingir a ex-presidente da UNE e escreve muito errado. Pimenta, nos olhos dos outros, é refresco.

  8. esta cambada da une não passa de sangue sugas de nosso governo e se houver seriedade tem de ser extinta e seus adeptos enforcados por danos e roubo ao patrimonio malandragem covardia mentira e sacanagem…fui universitario por duas vezes e sei muito bem como funciona esta desgraça

    • Vá se FODER, seu BOSTA !!! Foi apenas um erro de digitação. Digitou C em vez de D. Vá tomar no teu rabo, seu MERDA !!!

    • Tem que começar enforcando o usurpador,por entrar pela madrugada a dentro combinando propinas de 2.000.000 por mês por 30 anos,sem a menor cerimônia.Você não é necessário enforcar porque a inveja vai te levar para o inferno logo logo.Aposto que você também só soube que o termo ” perca” estava errado porque viu os comentários agora.E com certeza nem sabe fazer a substituição pelo termo correto.

    • José Herlanio Guedes

      Concordo! As Universidades estão lotadas de gente desse nível q não sabe ler e falar corretamente; As quatro operações de matemática, pior. Forma-se e vai pro mercado de trabalho despreparado. Só tem espaço nas boquinhas das entidades ligadas aos partidos de esquerda para falar bem de seus dirigentes e mal dos de esquerda.

  9. Não sou professora de Português, mas o erro mesmo, está justamente na imbecilidade de quem tentou desvirtuar o texto. Afinal alguém já ouviu falar em vícios de linguagem, principalmente na NET? Isso não significa que ela não saiba se expressar, apenas suprimiu a palavra “para” por “pra”. Perto do analfabetismo GRITANTE de DIREITA, não consideramos um erro gramatical, apenas um vicio de linguagem!

    Quanto ao VERBO ( PERDER)

    As duas palavras existem na língua portuguesa e estão corretas. A palavra perda é um substantivo feminino, sinônimo de extravio, sumiço, privação, dano e fim. Perca é a forma conjugada do verbo perder na 1.ª ou na 3.ª pessoa do singular do presente do subjuntivo ou na 3.ª pessoa do singular do imperativo. Perder significa, principalmente, o ato de ficar sem alguma coisa.

    O substantivo perda tem sua origem na palavra em latim perdita, devendo assim ser escrito com d na segunda sílaba. É sinônimo de extravio, privação, destruição, derrota, prejuízo, diminuição, morte, condenação, entre outros.

    Exemplos:

    Este programa de perda de peso é intensivo.
    Continuar esperando por ele é uma perda de tempo!
    Minha vizinha nunca superou a perda de sua filha mais velha.

    A palavra perca, enquanto forma conjugada do verbo perder, significa o ato de ficar sem a posse de alguma coisa, de não conseguir alguma coisa, não comparecer, entre outros. Perder tem sua origem na palavra em latim perdere e é sinônimo de deixar, desperdiçar, estragar, corromper, esquecer, atrapalhar-se, absorver-se, desapoderar, entre outros.

  10. José Alberto Bernardino da Costa

    O que esperar de uma esquerdopata.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *