Home / Notícia / Nota / Líderes do PT e PSDB querem dar golpe para impedir caras novas na política

Líderes do PT e PSDB querem dar golpe para impedir caras novas na política

Um dos fatos mais graves da semana passada foi a descoberta de que líderes do PT e PSDB estão articulando um “remendo” na lei eleitoral para dificultar a entrada de caras novas na política.

O truque é o seguinte: liderados por Vicente Cândido (do PT) e Carlos Zarattini (também do PT), o PT junto a setores do PSDB querem aumentar a restrição aos novos candidatos aumentando o tempo obrigatório de filiação a um partido para poderem participar da eleição.

Hoje o tempo é de 6 meses, o que significa que os novos candidatos podem escolher seu partido até os primeiros meses de 2018. O objetivo do PT e do PSDB é aumentar essa janela para um ano, o que daria poucos dias para os pretendentes escolherem seus partidos.

A ideia é reduzir radicalmente a participação de novos candidatos. O truque fica evidente porque a regra de 1 ano valeria apenas para novos candidatos, e não para aqueles que já ocupam mandatos.

Os líderes Baleia Rossi (do PMDB) e Efraim Moraes (do DEM) declararam que vão votar contra. Rossi disse: “Sou contra a mudança no tempo de filiação”.

Sobre RedatorJornalivre

Leia também

Gleisi diz que Lula “vai ganhar eleição preso”… então porque esperneiam tanto?

Em mais um ridículo discurso no Senado, Gleisi Hoffmann afirmou que a Globo (sempre ela) …

Um comentário

  1. Tem gente desesperada para se manter no poder, entenderam que vai ter mudanças ano que vem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *