Home / Notícia / Nota / Líderes do PT e PSDB querem dar golpe para impedir caras novas na política

Líderes do PT e PSDB querem dar golpe para impedir caras novas na política

Um dos fatos mais graves da semana passada foi a descoberta de que líderes do PT e PSDB estão articulando um “remendo” na lei eleitoral para dificultar a entrada de caras novas na política.

O truque é o seguinte: liderados por Vicente Cândido (do PT) e Carlos Zarattini (também do PT), o PT junto a setores do PSDB querem aumentar a restrição aos novos candidatos aumentando o tempo obrigatório de filiação a um partido para poderem participar da eleição.

Hoje o tempo é de 6 meses, o que significa que os novos candidatos podem escolher seu partido até os primeiros meses de 2018. O objetivo do PT e do PSDB é aumentar essa janela para um ano, o que daria poucos dias para os pretendentes escolherem seus partidos.

A ideia é reduzir radicalmente a participação de novos candidatos. O truque fica evidente porque a regra de 1 ano valeria apenas para novos candidatos, e não para aqueles que já ocupam mandatos.

Os líderes Baleia Rossi (do PMDB) e Efraim Moraes (do DEM) declararam que vão votar contra. Rossi disse: “Sou contra a mudança no tempo de filiação”.

Sobre RedatorJornalivre

Leia também

Piração: UnB terá aula de “felicidade”

A Universidade de Brasília vai oferecer no próximo semestre uma disciplina sobre felicidade, focada em …

Um comentário

  1. Tem gente desesperada para se manter no poder, entenderam que vai ter mudanças ano que vem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *