Home / Notícia / Nota / Modesto Carvalhosa: “Gilmar, sem nenhum pejo, exerceu atividade político-partidária”

Modesto Carvalhosa: “Gilmar, sem nenhum pejo, exerceu atividade político-partidária”

Modesto Carvalhosa quer o impeachment de Gilmar Mendes. Na Veja, ele listou os nove pontos que embasaram seu pedido de afastamento, e concluiu:

“Gilmar julgou e, pior, beneficiou quem não poderia julgar, quando era ao menos manifestamente suspeito. Gilmar, sem nenhum pejo, exerceu atividade político-partidária. Gilmar procedeu de modo incompatível com a honra, a dignidade e o decoro de suas funções.”

De fato o ministro tem agido mais como advogado dos réus do que como um juiz.

Sobre RedatorJornalivre

Leia também

Raquel Dodge diz o óbvio: “O que aconteceria se todo preso se anunciasse pré-candidato?”

Ao pedir a investigação de Rogério Favreto, na noite de ontem, a procuradora-geral da República, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *