Home / Notícia / Nota / Perseguição ao eleitor que trollou Manuela D’Avila mostra o pior lado do fascismo

Perseguição ao eleitor que trollou Manuela D’Avila mostra o pior lado do fascismo

Manuela D’Ávila colocou a máquina partidária para perseguir o sujeito que fez uma mera piada com ela em vídeo. Ela quer a cabeça dele a qualquer custo e, juntamente com outros capangas de Lula, alega que ele pode ser “uma ameaça à segurança do presidente”, que aliás não é mais presidente há oito anos.

Este é um claro exercício do fascismo. A perseguição a um opositor para tentar derrubá-lo, ainda que ele seja inofensivo, é coisa bem típica de facínoras.

Sobre RedatorJornalivre

Leia também

Homem tenta fugir de assaltantes e é baleado pelas costas no Rio de Janeiro

Em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, um homem de 51 anos foi morto ao tentar …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *