Home / Notícia / Nota / Poucos dias antes de sair da PGR, Janot meteu o pé na porta para desviar o foco

Poucos dias antes de sair da PGR, Janot meteu o pé na porta para desviar o foco

Janot sairá da PGR ainda em setembro, em seu lugar entrará Raquel Dodge, que não é sua aliada.  Sua atuação no MPF tinha sido, até então, a de trabalhar em prol do PT. Por anos Janot esculhambou os inimigos do partido que o colocou no cargo e jogou para baixo do tapete diversas denúncias contra Lula, Dilma, Dias Toffoli e aliados.

Contudo, ontem ele decidiu meter o pé na porta. Por que agora? Porque este é um momento crítico para ele. Janot sabe perfeitamente que Dodge teria acesso aos mesmos documentos e provas que ele tem agora, e sabe que ela poderia fazer picadinho dele se descobrisse os áudios de Joesley, que já estavam com ele desde abril, podendo até mesmo denunciá-lo por omissão e obstrução da Justiça.

As denúncias apresentadas agora contra o PT são uma tentativa desesperada de redenção. O procurador demorou esse tempo todo para fazê-lo, e só fez porque o momento exigia uma atitude conveniente.

Sobre RedatorJornalivre

Leia também

Gleisi diz que Lula “vai ganhar eleição preso”… então porque esperneiam tanto?

Em mais um ridículo discurso no Senado, Gleisi Hoffmann afirmou que a Globo (sempre ela) …

Um comentário

  1. Imaginação fértil !
    Kkkkk

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *