Home / Notícia / Nota / Rogério Favreto é a versão jurídica de Waldir Maranhão, o Breve

Rogério Favreto é a versão jurídica de Waldir Maranhão, o Breve

Quem ainda se lembra de Waldir Maranhão, o Breve?

Maranhão assumiu o posto de presidente da Câmara dos Deputados assim que Eduardo Cunha foi afastado, ainda em 2016. Ele, ao chegar na cadeira, tentou anular o impeachment de Dilma Rousseff na canetada, isso depois que a votação já havia sido feita pelo colegiado da casa e encaminhada ao Senado. A decisão foi tão estúpida que no mesmo dia Renan Calheiros, mesmo sendo aliado dos petistas, teve que rejeitar o pedido de Maranhão. Seu poder durou poucas horas.

Ontem o mesmo ocorreu no TRF-4 com o plantonista Rogério Favreto, desembargador petista que tentou passar por cima da decisão tomada pelo colegiado e mantida pelas instâncias superiores para libertar Lula. Em seguida o presidente do tribunal e o relator do caso rejeitaram seu habeas corpus e tudo isso poderá lhe custar o emprego, já que agora o Conselho Nacional de Justiça terá de investigar sua conduta política.

Favreto é o novo Waldir Maranhão, mas de toga e sem o bigode do Seu Madruga.

Sobre RedatorJornalivre

Leia também

Raquel Dodge diz o óbvio: “O que aconteceria se todo preso se anunciasse pré-candidato?”

Ao pedir a investigação de Rogério Favreto, na noite de ontem, a procuradora-geral da República, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *