Home / Notícia / O bolivariano Requião perdeu o controle depois do anúncio da venda da Eletrobrás. Só fala nisso agora…

O bolivariano Requião perdeu o controle depois do anúncio da venda da Eletrobrás. Só fala nisso agora…

Requião está desolado, não consegue ver futuro num Brasil sem estatal para servir de teta aos corruptos. Ele chegou a defender a estatização na ditadura da Venezuela e o uso de dinheiro público para comprar o poder.

Sobre RedatorJornalivre

Leia também

Historiador apela ao bizarro e sugere leis para dificultar saída de jovens craques do país

Enquanto muitos discutem se a torcida “está ou não ligada na seleção” – que estreou …

10 comentários

  1. Maria Louca surtou!

  2. O MUNDO HOJE NÃO CONSEGUE VISLUMBRAR FRONTEIRAS. PAÍSES SÃO PONTOS GEOGRÁFICOS, CULTURA PRÓPRIA, POSSIBILIDADE DE INDEPENDÊNCIA ECONÔMICA E FINANCEIRA, MAS NUNCA FECHAR SUAS PORTAS AO BEM ESTAR DA COMUNIDADE INTERNACIONAL E SE FECHAR NUM PATRIOTISMO CEGO. SEPARAÇÃO, NACIONALISMO EXACERBADO MORREU COM O NAZISMO. VIVEMOS A PAZ UNIVERSAL COMO ANIMAIS RACIONAIS E NÃO NA IRRACIONALIDADE TORPE DO FANATISMO IDEOLÓGICO….

  3. Um Zé arruela e uma carta fora do baralho

  4. Este cara é muito dos esquisitos, qdo fica bravo mais parece uma baiana rodando a saia! Escandaloso!!

  5. Fusca das charges

    Esse criminoso deveria ser deportado para a Coréia do Norte que tanto admira, sem retorno.

  6. Estatais, estatais, estatais…temos tantas! por isso que somos um país de primeiro mundo!rs.

  7. As estatais para esses esquerdistas ,é uma grande poupança.

  8. Wilian Oliveira

    Estes FDP vão tudo se fuder mesmo , privatizar faz Bem ao Brasil , tirem tudo das mãos destes políticos Ladrões ! .

  9. Suely Moliterno

    Com um salário de 460.000 por mês, advindo do Estado, no lugar dele eu não dormiria mais….

  10. petrobrasdadosefatos

    um panaca como sempre foi. Qdo governador usou a TV do estado para fazer proselitismo ao bolivarianismo, pagou passagens e trouxe bolivarianos aos montes ao paraná, criou estatais estatetas aos montes. É o passado que demora a nos deixar em paz. Que Deus o leve logo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *