Home / Notícia / Professor da UFMA incentiva a violência física contra religiosos às vésperas de evento conservador

Professor da UFMA incentiva a violência física contra religiosos às vésperas de evento conservador

Informa o site Rádio Conservadora:

Um professor militante socialista da Universidade Federal do Maranhão, Saulo Pinto Silva, utilizou, nesta quarta-feira, 20 de setembro, seu perfil no Facebook para, de forma pública e aberta, promover e incentivar a violência física contra religiosos. Mas esse tipo de publicação não é algo incomum. Aliás, tem história e objetivo certo.

saulopintosilva.jpg

E mais:

No ano de 2016, durante a organização do evento I Encontro da Juventude Conservadora na UFMA, o mesmo professor-propagandista moveu céus e terras contra a realização do evento, mas sem êxito algum. O I Encontro da Juventude Conservadora foi um sucesso. Então o professor moveu seu punhado de militantes socialistas e de idiotas úteis (como diria Lênin) da UFMA para promover, em contraponto ao evento dos conservadores, o encontro da “Juventude Porra-Louca”. O irresponsável evento estudantil foi regado a muita bebida alcoólica e drogas (certamente, em decorrência disto a morte do jovem), dentro do espaço acadêmico, onde deveria-se primar pelo conhecimento, pela busca da excelência do ensino formador. Porém, aquele que deveria incentivar a busca pela excelência no conhecimento, tratou apenas de instigar seus seguidores e militantes.

O caso é simples. O professor incorreu em crime de incitação à violência, tipificado pelo artigo 286 do nosso código penal, que pune a incitação ao crime feita publicamente. Ele será punido?

 

 

 

Sobre RedatorJornalivre

Leia também

PT quer fazer “controle social” do Judiciário

Fernando Haddad segue sua jornada de entrevistas como dublê de coordenador de programa de governo …

3 comentários

  1. Eu conheço o sujeito pelos corredores do CSSo. Aparentemente calmo e sereno. Essa é minha visão dele. Entretanto ouvi de uma conhecida de um curso que tem pelo menos uma cadeira do curso de economia que este se manifestara pesar com o movimento vem pra rua e chamou os direitistas de idiotas causando mau estar entre alguns de seus alunos que eram direitistas.

    Eu não duvido de nada.

  2. O covarde apagou o post e ainda se defendeu dizendo que é vítima de calúnia.
    Esquerdismo é doença!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *