Home / Notícia / Professor da UFMA incentiva a violência física contra religiosos às vésperas de evento conservador

Professor da UFMA incentiva a violência física contra religiosos às vésperas de evento conservador

Informa o site Rádio Conservadora:

Um professor militante socialista da Universidade Federal do Maranhão, Saulo Pinto Silva, utilizou, nesta quarta-feira, 20 de setembro, seu perfil no Facebook para, de forma pública e aberta, promover e incentivar a violência física contra religiosos. Mas esse tipo de publicação não é algo incomum. Aliás, tem história e objetivo certo.

saulopintosilva.jpg

E mais:

No ano de 2016, durante a organização do evento I Encontro da Juventude Conservadora na UFMA, o mesmo professor-propagandista moveu céus e terras contra a realização do evento, mas sem êxito algum. O I Encontro da Juventude Conservadora foi um sucesso. Então o professor moveu seu punhado de militantes socialistas e de idiotas úteis (como diria Lênin) da UFMA para promover, em contraponto ao evento dos conservadores, o encontro da “Juventude Porra-Louca”. O irresponsável evento estudantil foi regado a muita bebida alcoólica e drogas (certamente, em decorrência disto a morte do jovem), dentro do espaço acadêmico, onde deveria-se primar pelo conhecimento, pela busca da excelência do ensino formador. Porém, aquele que deveria incentivar a busca pela excelência no conhecimento, tratou apenas de instigar seus seguidores e militantes.

O caso é simples. O professor incorreu em crime de incitação à violência, tipificado pelo artigo 286 do nosso código penal, que pune a incitação ao crime feita publicamente. Ele será punido?

 

 

 

Sobre RedatorJornalivre

Leia também

Acredite se quiser: agora Dilma diz que não quebrou a Petrobras

Dilma Rousseff negou que tenha quebrado a Petrobras. Ela disse, segundo a Folha de S. …

3 comentários

  1. Eu conheço o sujeito pelos corredores do CSSo. Aparentemente calmo e sereno. Essa é minha visão dele. Entretanto ouvi de uma conhecida de um curso que tem pelo menos uma cadeira do curso de economia que este se manifestara pesar com o movimento vem pra rua e chamou os direitistas de idiotas causando mau estar entre alguns de seus alunos que eram direitistas.

    Eu não duvido de nada.

  2. O covarde apagou o post e ainda se defendeu dizendo que é vítima de calúnia.
    Esquerdismo é doença!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *