Home / Notícia / Segunda turma do STF solta José Dirceu em dia de ataque à Lava Jato

Segunda turma do STF solta José Dirceu em dia de ataque à Lava Jato

Em uma sessão que impôs derrotas à Lava Jato, a 2ª Turma do Supremo Tribunal Federal concedeu liminar nesta terça-feira (26/6) para tirar da prisão o ex-ministro José Dirceu que cumpre a execução provisória da pena no âmbito da operação.

A maioria da Turma entendeu que estavam previstos os requisitos para concessão da cautelar, uma vez que há chance de redução da pena do petista a partir dos recursos apresentados por sua defesa aos tribunais superiores questionando a condenação pela segunda instância.

Essa era uma das argumentações, por exemplo, utilizada pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que buscou suspender a prisão e a inelegibilidade na Corte – o recurso do petista ainda não foi julgado e será avaliado pelo plenário da Corte.

A mesma justificativa foi lançada na sessão desta terça para Dias Toffoli colocar, por ofício, em liberdade João Cláudio de Carvalho Genu, também preso em execução da pena na Lava Jato após condenação no TRF4.

Por 2 votos a 1, a Turma ainda manteve liberdade de Milton Lyra, apontado como operador do PMDB, e que foi preso na Operação Rizoma, por ordem do juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal do Rio de Janeiro, por suspeitas de envolvimento com desvios no Postalis, fundo de pensão dos funcionários dos Correios, e de lavagem de dinheiro dos recursos desviados.

A informação é do JOTA.

Sobre RedatorJornalivre

Leia também

Eliana Calmon diz que Justiça do Trabalho foi aparelhada pelo PT

Eliana Calmon conhece o Judiciário como poucos, e, dentre estes, é a única a se …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *