Home / Notícia / Terrorista protegido pelo PT vira réu: o caso é de falsidade ideológica

Terrorista protegido pelo PT vira réu: o caso é de falsidade ideológica

O terrorista de extrema-esquerda Cesare Battisti tornou-se réu por falsidade ideológica. Ele responde a um processo da Justiça Federal sobre evasão de divisas e encontra-se exilado no Brasil.

O italiano, acusado de terrorismo em seu país, mas que foi protegido pelo PT aqui no Brasil, teve que entregar o passaporte às autoridades e deverá, junto com sua esposa, obedecer a medidas cautelares, como não sair às ruas após as 22h, proibição de frequentar casas noturnas ou boates e deverão comparecer todo dia 10 de cada mês ao Fórum da Comarca de Cananéia para informarem e justificarem suas atividades no País.

Ainda segundo a decisão da Justiça, os réus estão proibidos de sair da cidade litorânea. Qualquer movimentação por cidades da região deve ser previamente informada à Justiça.

De acordo com o Ministério Público de São Paulo, Cesare Battisti fez inserir em documento público uma declaração falsa, com o objetivo de alterar documentos judiciais.

A denúncia é referente a informações declaradas em cartório na ocasião de um casamento dele com uma brasileira, em junho de 2015, no litoral paulista.

O promotor Olavo Evangelista Pezzotti apurou que o italiano mentiu à Justiça brasileira ao informar que morava em Embu das Artes, na região metropolitana de São Paulo. No entanto, ele residia em Cananéia. A esposa dele também cumprirá medidas cautelares pois disse que morava em Belford Roxo, no Rio de Janeiro.

O juiz da Comarca de Cananéia, Sérgio Castresi de Souza Castro, aceitou a denúncia da Promotoria por falsidade ideológica e o casal se tornou réu. Tanto Cesare quanto sua esposa têm até a próxima sexta-feira (20) para apresentar sua defesa e explicarem por que informaram endereços distintos ao cartório da cidade.

Na decisão do MPSP, o magistrado lembrou ainda que o italiano é processado perante a Justiça Federal por evasão de divisas.

Em nota, a defesa de Cesare Battisti disse tomar as providências cabíveis em relação à acusação do MP. “Chama a atenção o fato de o Ministério Público apontar a falsidade desta informação, considerando que se trata do local que o Cesare Battisti se encontra até os dias atuais”.

A informação é da Jovem Pan.

Sobre RedatorJornalivre

Leia também

Historiador apela ao bizarro e sugere leis para dificultar saída de jovens craques do país

Enquanto muitos discutem se a torcida “está ou não ligada na seleção” – que estreou …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *