Home / Opinião / Coluna / Sem seguranças armados, Freixo bem que poderia comprar algumas lâmpadas para sua proteção

Sem seguranças armados, Freixo bem que poderia comprar algumas lâmpadas para sua proteção

por Roger Scar

Freixo disse em sua campanha pela prefeitura do Rio, há dois anos, que uma cidade segura é uma cidade bem iluminada. Aparentemente ele fingiu não saber na época que uma considerável parte dos crimes ocorridos na cidade acontecem em plena luz do dia, muitas vezes em locais movimentados e cheios de gente.

A verdade é óbvia. Desde Brizola os cariocas passaram a ficar a mercê dos facínoras, dos bandidos de todo tipo. Hoje eles comandam a cidade a tal ponto em que sua própria polícia já não é mais tão confiável como deveria, sendo em muitos casos envolvida nos mesmos crimes que os bandidos, tornando-se indistinguível.

Agora Marcelo Freixo perdeu direito a ter sua segurança especial, que era feita pela Polícia Militar. O deputado tinha proteção privada, mas paga com dinheiro do povo, o mesmo povo que ele e seu partido se esforçam para deixar nas mãos do crime organizado.

Talvez o deputado devesse investir em algo inovador para sua proteção: lâmpadas. Se é a luz que lhe traz segurança, que assim seja, pelo menos é mais barato do que manter seguranças pagos com o nosso dinheiro.

Sobre RedatorJornalivre

Leia também

Ciro Gomes faz o diabo para herdar os votos de Lula

Em palestra na Câmara de Comércio Brasil-Suécia, em Estocolmo, Ciro disse que a ideia de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *