Home / Opinião / Em estágio de aparente demência, Dilma diz que Eduardo Cunha governa o país de dentro da cadeia…

Em estágio de aparente demência, Dilma diz que Eduardo Cunha governa o país de dentro da cadeia…

Sim, é isso mesmo. A ex-presidente Dilma Rousseff fez uma publicação em sua conta no Facebook afirmando algo inédito neste país: somos governados por um homem que está preso há meses e com seus bens bloqueados pela Justiça. Trata-se de Eduardo Cunha

ScreenShot_20170629114519

Aparentemente a petista ainda guarda mágoas de seu ex-amigo e companheiro, que no final acabou entregando-a aos lobos. Não custa lembrar que apesar de Cunha ter aceito o processo de impeachment, ele o fez mais pela pressão de aliados e da própria opinião pública do que por querer a queda de Dilma.

Pouco importa.

Para os petistas o que interessa é gerar cortina de fumaça e distração.

Sobre RedatorJornalivre

Leia também

A falsa narrativa dos ‘paneleiros arrependidos’. Ou: Ninguém se arrependeu por ter tirado Dilma do poder

por Roger Scar Juliana Dal Piva, jornalista da Época e também da Agência Lupa, publicou …

6 comentários

  1. Infelizmente só temos ladrões instalados nos 3 poderes da república! Moro, PF e MPF não conseguirão segurar essa bandidagem, a menos que nós , povo, os apoiemos.

  2. Gilberto Amorim Beltrão

    DEPOIS QUE FOI IMPICHADA, PERDEU O RESTINHO DE MIOLO QUE TINHA!

  3. Pedro Carvalho

    Lula 2018 com a força do povo nordestino! Abaixo mídia golpista!

  4. Tô cansada de ladrões caras de pau no poder!
    Impostos altos
    Insegurança
    Saúde abandonada
    Leis defasadas

    Caos!

  5. José Zilo vieira da Silva

    Esse Paraiba ai é o maior bandido na paraiba seus moradores agricultores em suas fazendas ele tem a copia dos titulos de todos com numeros de s seção se não aparecer a quantidade votos naquela urna todos são punidos na proxima eleição a justiça eleitoral comfira que terá o resultado toda paraiba eleição é isso ai.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *