Home / Opinião / Entidades evangélicas conseguem representação na FNE e pretendem combater ideologia de gênero nas escolas

Entidades evangélicas conseguem representação na FNE e pretendem combater ideologia de gênero nas escolas

De acordo com informações recebidas exclusivamente pelo Jornalivre, a Frente Parlamentar Evangélica, a Frente de Defesa da Vida e da Família e também a Frente Parlamentar Católica conseguiram, mediante reunidão com o Ministro da Educação Mendonça Filho, espaço para compor a FNE, Frente Nacional da Educação

Em breve será publicada uma nova portaria atendendo ao pedido das entidades, que têm por finalidade combater os grupos de extrema-esquerda no que tange à imposição da pauta de ideologia de gênero nas escolas.

É um grande avanço que serve para contrariar as proposições feitas por grupos políticos irresponsáveis e principalmente por facínoras.

Sobre RedatorJornalivre

Leia também

“Gleisi denigre a imagem do Brasil, mas deveria saber que o Islã pune o roubo com amputação da mão”

Todos sabem que não há limites para as sandices vociferadas pelos petistas na tentativa de …

3 comentários

  1. Muito bom
    Parabéns a todos que estão empenhados em acabar com esta ideologia que acaba com a ética da família.

  2. E AS MALAS ROGER SCAR? E AS MALAS?
    VOCÊS FICAM AI COMBATENDO O COMUNISMO, ENQUANTO DEVERIAM COMBATER OS VERDADEIROS INIMIGOS, DO PMDB, DO PSDB, DO PP E TAMBÉM DO PT E DERIVADOS.

    Vamos ser sinceros, precisamos resetar o sistema.

  3. Essa é uma ótima notícia! Está mais do que na hora de intensificar a luta contra essa abominação perversa chamada ideologia de gênero.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *