Home / Opinião / “Gleisi denigre a imagem do Brasil, mas deveria saber que o Islã pune o roubo com amputação da mão”

“Gleisi denigre a imagem do Brasil, mas deveria saber que o Islã pune o roubo com amputação da mão”

Todos sabem que não há limites para as sandices vociferadas pelos petistas na tentativa de transformar o condenado Lula em vítima de perseguição política e caçada judicial, o que está a léguas de distância de ser verdade.

Esse destampatório ganha destaque com a senadora paranaense Gleisi Helena Hoffmann, presidente nacional do Partido dos Trabalhadores e escolhida para atuar como para-choque de Lula, preso em Curitiba. A parlamentar tem demonstrado ao longo dos últimos dias uma inegável intimidade com a mitomania, pois seus discursos insistem na tese de que Lula é preso político.

Em vídeo gravado para a televisão qatariana Al Jazeera, Gleisi destaca a falta de democracia no Brasil, como se o Qatar não fosse um emirado absolutista e hereditário, comandado pela Casa de Thani desde o século XIX.

A criação da Al Jazeera foi um golpe de marketing do emir do Qatar, mas, denunciar para tal veículo a suposta falta de democracia do Brasil, onde as instituições funcionam, só encontra explicação na má fé e na estupidez desbaratada da senadora.

Sobre a alegada ausência de democracia no Brasil – a afirmação da petista é uma ode ao absurdo –, é importante destacar que no Qatar as mulheres só conquistaram o direito ao voto em 1999.

Em relação à tentativa de transformar Lula em preso político, faz-se necessário enfatizar que o petista-mor é um criminoso comum, condenado à prisão (doze anos e um mês) por corrupção e lavagem de dinheiro no caso do malfadado apartamento triplex no Guarujá, no litoral paulista.

Por certo a senadora Gleisi Helena desconhece a Sharia, código de leis do islamismo, mas na maioria dos países árabes o crime de roubo (corrupção se encixa nessa modalidade criminosa) é punido com a amputação da mão.

Considerando que é grande a possibilidade de Lula ser condenado em outras ações penais pelos mesmos crimes que o levaram ao cárcere, é importante que alguém se antecipe e evite que o mundo árabe saia em defesa do alarife do Petrolão. Até porque faltariam membros para serem amputados.

O texto é do portal Ucho.Info.

Sobre RedatorJornalivre

Leia também

Aécio virou réu graças aos ‘paneleiros’ que apoiaram a Lava-Jato

por Roger Scar Sabe os “paneleiros”, aqueles que são odiados pelo seu professor de sociologia, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *